Reflect

Reflect

Reflect

Reflect, filho de Armação de Pêra e fundador da editora algarvia Kimahera, não é nenhum estranho à música. Um ano após a sua estreia em 2007 no álbum "Duelo Mental" de Gijoe e Spell, Reflect deu-se ao mundo através de "Último acto", o seu primeiro registo a solo. "Último acto" foi a carta de amor que Reflect escreveu à música. Foi um tributo à cumplicidade entre o artista e a música, uma janela para uma relação "tão intimista que quase intimida".

Quem escutou o "Último acto" não se deverá surpreender pelo seu novo trabalho surgir apenas em 2013, cinco anos mais tarde e coincidindo com o aniversário de 10 anos a fazer música.

Este álbum não poderia ter um título mais adequado. "Reflect" serve que nem uma luva a este conjunto de músicas pelo facto de serem isso mesmo, um reflexo do passado, do presente e do futuro de alguém que carrega nos ombros um pesado histórico de desilusão e persistência, êxito e nostalgia, sofrimento e dedicação, e muita, muita auto-motivação.

Sobre uma base instrumental de tirar a respiração, Reflect absorve-nos para dentro de uma narrativa tão intensa e profundamente sentida que durante aquelas 10 faixas nos esquecemos de quem somos e transformamo-nos apenas num espelho daquilo que a música e as rimas projectam em nós.

A marca que este álbum deixa é definitiva e inescapável.

"Reflect" foi quase inteiramente produzido por Dezze e conta com a participação de Dezze (também no microfone), Gijoe, W-Magic, RealPunch, Vanessa Ferreira e João Mestre e estará disponível para compra online (encomenda pelo Facebook, iTunes, Bandcamp, Spotify e Google Play) ou na loja Fnac Algarve.

Por Joana Nicolau para Kimahera

2013

 

Alinhamento

  1. Criador de canções
  2. O Arrepio (com Dezze e Gijoe)
  3. Redundância crónica (com W-Magic e Gijoe)
  4. Sala de troféus
  5. Passeio pela praia
  6. Bicho da seda (com RealPunch)
  7. O que o tempo não apaga (com Dezze)
  8. Diz-me se vale a pena (com Vanessa Ferreira e João Mestre)
  9. Muros (com João Mestre e Gijoe)
  10. Vi morrer um verso (com João Mestre)
 

Produção: Mauro Cunha
Co-Produção: João Mestre e Pedro Pinto
Arranjos adicionais: João Mestre
Scratch: Gijoe
Textos: Reflect e respectivos intérpretes
Gravação, mistura e masterização: Pedro Pinto @ Kimahera
Gráficos: Pedro Pinto

 

Artistas envolvidos

Reflect

Reflect

MC

Vídeos de relacionados

Reflect - Bastidores 2013-2014 (Documentário)

Reflect - Bastidores 2013-2014 (Documentário)

Reflect ao vivo no TEMPO em Portimão

Reflect ao vivo no TEMPO em Portimão

Reflect - Vi morrer um verso (com João Mestre)

Reflect - Vi morrer um verso (com João Mestre)

Reflect @ II Gala da Fúria Azul

Reflect @ II Gala da Fúria Azul

Reflect - Muros (ao vivo no Teatro do Bairro)

Reflect - Muros (ao vivo no Teatro do Bairro)

Reflect no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão

Reflect no TEMPO - Teatro Municipal de Portimão

Reflect - Sala de troféus

Reflect - Sala de troféus

Notícias relacionadas

Reflect - Bastidores 2013-2014 (Documentário)

"Nos últimos dois anos ganhei muito, perdi muito, (...)

REFLECT com Orquestra de Câmara da Academia de Música de Lagos

REFLECT apresentar-se-á acompanhado pela Orquestra (...)

Reflect com novo videoclipe - "Vi morrer um verso"

Videoclipe do tema "Vi morrer um verso", gravado em (...)

Reflect @ A música portuguesa a gostar dela própria

A música portuguesa a gostar dela própria esteve em (...)

"Reflect" - o novo álbum

"A marca que este álbum deixa é definitiva e inescapável." (...)

Novo álbum de Reflect a 23 de Junho

Reflect está de regresso às edições. Com estreia marcada (...)

Reflect em entrevista ao HipHopWeb

No seguimento do anúncio do lançamento do seu segundo (...)

LVTV - Novo trabalho de Reflect

«Pedro Pinto voltou ao mundo da música com o seu segundo (...)

Reflect - Sala de troféus (Vídeo)

Como é que alguém consegue divorciar-se da própria (...)

Reflect - Sala de troféus (Música)

«Sala de troféus», o single do 2.º Álbum de Reflect.

Reflect - Sessão de Apresentação do 2.º Álbum

Em fase final de preparação do seu segundo trabalho (...)